Favoritos naufragam entre novatos em 2022. Bezzecchi sobra – Notícia de MotoGP – Grande Prêmio

Poucas coisas são mais surpreendentes na temporada 2022 da do que a disputa entre os novatos. Levando em conta o currículo dos cinco estreantes deste ano, era consenso de que e seriam os mais destacados: afinal, eles chegaram à elite da motovelocidade ostentando o rótulo de campeão e vice da Moto2.

O que se viu nas primeiras 11 corridas da temporada, porém, foi um verdadeiro naufrágio. E não é nem que o navio tenha atingido um iceberg no meio do oceano. Ele mal conseguiu sair do porto mesmo. Remy somou apenas nove pontos até aqui — mas pontuou logo na estreia —, enquanto Raúl tem só cinco — o espanhol só conseguiu um top-15 no GP da , nona corrida do ano.

WEB STORY▶️ 

Marco Bezzecchi conquistou o segndo lugar no GP da Holanda (Foto: VR46)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube:  | 

É verdade que a RC16 da não vive lá grande fase, mas também não é para tanto. é o sexto no campeonato, com 93 pontos, enquanto , que já até venceu corridas, soma 71 tentos.

O que chama mais atenção é a relação difícil que Gardner e Fernández desenvolveram com a e com Hervé Poncharal. O dono e chefe da . No caso do australiano, o agente já virou até persona non grata em Mattighofen. O caso do espanhol é um pouco diferente: a casa austríaca errou com ele desde o início, forçando-o a subir para a com uma moto que ele não queria. Raúl queria a , mas a KTM forçou a mão, fez valer o contrato e já assumiu o erro.

Mas sabe o que mais chama a atenção? Que os dois estejam atrás até mesmo de . O sul-africano era quem todos esperavam na lanterna do campeonato. Afinal, ele pulou etapas e não passou pela Moto2, saltando direto da Moto3, onde, aliás, não foi nenhum fenômeno.

O caçula dos irmãos Binder somou dez pontos no ano, um a mais do que Remy, e tem como melhor resultado no ano um décimo lugar no chuvoso , um resultado nunca alcançado pelo duo de Poncharal. Totalmente inesperado!

, por outro lado, teve até a chance de ter um dia de glória, mas ainda não dá para dizer que faz um ano dos mais brilhantes. Foram 18 pontos em 11 etapas, pontuando apenas a partir do , sétima etapa de 2022.

O novato, entretanto, foi protagonista de um dia glorioso da na Itália. Em , Fabio surpreendeu todo mundo ao conquistar a primeira pole-position — dele e da Gresini —, diante de , Luca Marini, Johann Zarco e . Ou seja: um 1-2-3-4-5 da casa de Bolonha.

A corrida, é verdade, não terminou assim tão bem — ele foi apenas 11º —, mas a história vai contar que ele conquistou uma pole em casa, com equipe italiana e moto italiana. Ruim, não é.

Raúl Fernández é o pior entre os novatos da MotoGP em 2022 (Foto: KTM)

O melhor dos estreantes, porém, é . O pupilo de Valentino Rossi chegou à vindo de um terceiro lugar no Mundial de Moto2 e deixou de pontuar em apenas quatro das 11 corridas disputas na primeira parte do ano. Depois do , deu um bom salto de performance, mas a melhor atuação veio mesmo na Holanda, com um segundo lugar, o primeiro pódio da na classe rainha.

Bez agora acumula 55 pontos, 37 a mais do que Di Giannantonio, o rival mais próximo na briga pelo posto de novato do ano. O contrato com a ainda não foi oficialmente renovado, mas ninguém acredita que ele não ficará por lá.

A tem feito um ótimo trabalho, e, discreto, Bezzecchi deixou os favoritos para trás para ser o estreante de maior destaque até aqui.

A  agora entra em férias e volta à ativa apenas no dia 7 de agosto, com o , em Silverstone. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de  2022.

LEIA TAMBÉM# # # # # # # # #

ALEIX ESPARGARÓ CONDUZ APRILIA AO PROTAGONISMO E MUDA STATUS NA MOTOGP Acesse as versões em e do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros e .