07/11/2018 13:16

Quantidade de visualizações: 805

Rádio Pioneira com Gazeta Digital

Foto: Rafael Medeiros/TVR

Manoel Joadir de Arruda, suspeito de matar a irmã Daisy Beatriz de Arruda, 41, na tarde de terça-feira (6), foi preso na manhã desta quarta-feira (7), pela Polícia Militar.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, o suspeito estava na mesma região de mata da Comunidade Água Sul de Cima, em Nossa Senhora do Livramento (42 km ao sul de Cuiabá). Ele foi levado para a delegacia e autuado pelo crime.

A mulher estava desaparecida desde a última segunda-feira (5). A família passou a fazer buscas com apoio da polícia.

Depois do último horário de buscas, a mãe ligou na delegacia para contar que o filho foi até sua casa e confessou que matou a irmã. Ele apontou o local onde o corpo estava. Após confessar, suspeito tentou o suicídio, porém, foi impedido e, logo em seguida, fugiu.

Segundo a Polícia Civil, a Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) foi acionada para realizar uma ocorrência de encontro de cadáver na zona rural da cidade.

A vítima foi achada nua pelos policiais e a mãe, em região de mata fechada. O corpo estava com 9 perfurações. De acordo com informações preliminares, passadas pela mãe, a filha era alcoólatra e na noite anterior estava bebendo na companhia de seu irmão.

Procurados pela equipe da Polícia Civil, nem o irmão e nem o convivente da vítima foram localizados. As roupas de Daisy estavam a aproximadamente 20 metros de onde o corpo foi encontrado.

Exames periciais (local de crime e necropsia) serão feitos para auxiliar os trabalhos de investigação.