08/10/2018 15:30

Quantidade de visualizações: 4275

Rádio Pioneira com Gazeta Digital

Luciano Abrahão da Luz, 31, conhecido como Pit Bull, foi executado a tiros na madrugada deste domingo (7) em Tangará da Serra (239 km a médio-norte de Cuiabá). Segundo investigador da Polícia Civil, a vítima era integrante da facção criminosa do Comando Vermelho, mas teria sido "exilado" da organização.

O homem estava na frente da casa de festa Bailão Renascer quando foi atingido por um disparo na nuca. Testemunhas disseram que os suspeitos estavam em uma motocicleta escura e fugiram logo em seguida.

Socorrido pelo Samu, o homem foi encaminhado para unidade de pronto atendimento em estado grave, porém não resistiu aos ferimentos e morreu.

Pit Bull era investigado pelo assassinato de Taís Souza Picitelli, 30, praticada em maio deste ano. Na época ele foragiu da cidade, tendo retornado na última quarta-feira (3), conforme um investigador da Polícia Civil.

Além de homicídio, Luciano também tinha passagens pelo crime de tráfico de drogas.

O caso será investigado pela Polícia Civil.