08/10/2018 13:14

Quantidade de visualizações: 102

Paulo César Desidério com Gilvan Melo

Foto: Arquivo Pioneira

No último dia 01 de outubro, comemorou-se o dia do vereador. A data foi instituída NO país por meio da Lei Federal nº 7.212, de 11 de julho de 1984. Em Tangará da Serra, a Câmara Municipal conta com 14 parlamentares que integram o poder legislativo em mandatos de quatro anos.

Com sessões ordinárias semanais, sempre às terças-feiras à tarde, há quem pense que a rotina de um vereador seja apenas frequentá-las. No entanto, reuniões internas e externas, visitas a comunidades e giros pela cidade para conhecer as necessidades da população são os principais compromissos das agendas de cada um.

“Essa função de vereador é uma função muito gratificante, aonde o vereador tem obrigação de fiscalizar, cobrar, apresentar projetos e defender a população, sempre estar ao lado e a favor da população de seu município. Eu como vereador, presidente da Câmara Municipal, tenho a grata satisfação de ser vereador num município com mais de 100 mil habitantes, aonde tem uma Câmara com 14 vereadores, uma Câmara atuante e que trabalha muito em prol de Tangará da Serra”, disse o presidente da Câmara de Tangará, Hélio Schwaab (PSD).

Uma das coisas que confundem a população é a diferença entre os poderes. No país, há o Executivo (formado por prefeitos, governadores, senadores e presidente da república), o poder Judiciário (composto essencialmente por magistrados) e o poder Legislativo (integrado por vereadores, deputados estaduais e deputados federais). Hélio reforçou a função e parabenizou a todos pela data celebrada no início da semana.

“O Legislativo é para fiscalizar, cobrar, votar projetos e estar ao lado da população, principalmente a menos favorecida. Portanto, aqui vai o meu reconhecimento para todos os vereadores do município de Tangará da Serra e os demais. Parabéns a todos os vereadores que continuem trabalhando em prol do seu município defendendo sempre a população menos favorecida”, ressaltou.