03/10/2018 13:06

Quantidade de visualizações: 224

Paulo César Desidério com Gilvan Melo

Foto: Gilvan Melo - Rádio Pioneira

Na noite desta terça-feira (03) aconteceu em um dos auditórios da Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra (Acits) uma palestra do grupo Flores de Aço. Na oportunidade, dentro da programação do Outubro Rosa, mês voltado para a conscientização sobre a prevenção ao câncer de mama, quatro mulheres que já venceram ou ainda enfrentam a doença deram uma palestra, que tratou também sobre os vários tipos da doença. Brindes foram arrecadados para serem sorteados para o público.

De acordo com Ana Elisa, uma das líderes do grupo, na semana passada ela descobriu que está curada da doença. Ela conta que já teve 21 tumores. A ideia que originou o grupo surgiu por meio de um grupo de WhatsApp e evoluiu para palestras. Segundo ela, toda ajuda é bem-vinda, inclusive a dos empresários, que podem colaborar com a causa.

“O que a gente quer fazer é a diferença, uma ajudar a outra. A gente que passou sabe o sofrimento que é, então a gente fez esse grupo e queremos ir longe com ele. Não são só as meninas que estão, a cada dia estamos descobrindo novos pacientes, novas pessoas. Quem quiser procurar a gente, o meu número é 99668-3168. Pode me procurar, veste a camisa com a gente, vamos ajudar quem está precisando de nós, eu já passei por isso, então eu sei como é”, afirmou, ao elogiar a população de Tangará da Serra, que se comoveu com as histórias de vida de cada uma das mulheres.

Juliana Nunes Viana também já se curou da doença. Ela enfrentou tumores no ovário e dá seu testemunho a fim de que mulheres que também estejam passando pelo problema sintam-se encorajadas a fazerem o tratamento e tenham fé na possibilidade de cura. A mulher conta que o grupo é extremamente positivo para quem participa.

“É lindo o grupo, o grupo foi um combustível para a gente. Descobri em agosto de 2017 e em setembro já fiz cirurgia. Estava com câncer de ovário. Eu tinha só um tumor, fiz vários exames e quando chegou no dia, tinha dois tumores. Então, graças a Deus hoje só estou acompanhando, não tenho mais nada. O grupo incentiva a gente, dá ânimo para a gente e isso fortalece a gente. Nós fazemos chá da tarde, se tiver algum problema a gente conversa, porque ficamos muito sentimentais”, relata.

Outra integrante do grupo é Marli Souza, que foi diagnosticada com a doença no ano passado e passou por cirurgia no primeiro semestre deste ano. Ela ainda passa pelo tratamento e conta que o apoio mútuo existente no grupo é fundamental.

“Esse grupo está sendo muito importante para mim que estou passando por esse problema de saúde agora. Fiz a cirurgia em abril, descobri a doença em dezembro do ano passado. O grupo é muito importante porque tem muitas que já passaram pelo que eu passei, até por situações piores (...). Então, é sim muito importante para a gente, tem sido de fundamental importância para a nossa vida”, destacou.

Sharmila Maísa descobriu um tumor na perna e passará pela segunda cirurgia, cujo procedimento será feito em São Paulo. Em meio a tantos medicamentos exigidos pelo tratamento, além do apoio, o grupo também consegue transmitir ânimo para que todas sorriem. Ela disse que um nódulo que em 2013 tinha 3 centímetros passou para 16, quatro anos depois.
“A gente tem o apoio da família, mas é muito importante o apoio das outras pessoas. A gente conversa, tem coisas que a gente não consegue falar para a família e que a gente fala para outras pessoas, porque a gente vê que é um sofrimento. É muito bom estar dividindo, estar aprendendo, só sabe quem realmente passa. As dores são fortes, quando fazemos quimioterapia, os enjoos, é tudo muito forte, muito intenso num período muito pequeno. Então, só quem passa sabe”, disse.

Formado por mulheres, grupo 'Flores de Aço' ministra palestra sobre câncer em TangaráFormado por mulheres, grupo 'Flores de Aço' ministra palestra sobre câncer em TangaráFormado por mulheres, grupo 'Flores de Aço' ministra palestra sobre câncer em TangaráFormado por mulheres, grupo 'Flores de Aço' ministra palestra sobre câncer em TangaráFormado por mulheres, grupo 'Flores de Aço' ministra palestra sobre câncer em Tangará