10/09/2018 13:32

Quantidade de visualizações: 280

Paulo César Desidério com Asis Wébio

Fotos: Asis Wébio/ Rádio Pioneira

A Lei Federal Nº 8.588/2006 obriga os produtores rurais de todo o país a recolherem embalagens de agrotóxicos utilizadas em suas lavouras, a fim de que estas não prejudiquem o meio-ambiente. Em Mato Grosso, há ainda o decreto Nº 1.651/2013, que também trata a respeito da devolução das embalagens.

Robson Freire da Silva, engenheiro agrônomo do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT), esclareceu a obrigatoriedade da devolução.

“Tanto nesse decreto quanto na lei federal, diz que uma vez que adquire agrotóxico, todo produtor é obrigado a fazer a devolução dessas embalagens. Basta entrar em contato com a Cearpa, que é a central que recebe essas embalagens aqui no nosso município, esteja agendando junto com o responsável e aí efetuar a devolução dessas embalagens dos produtos agrotóxicos que ele adquire para estar utilizando em sua propriedade”, afirmou.

Segundo o agrônomo, cabe ao Indea a fiscalização que acontece mensalmente pelos agentes fiscais do instituto.

“Essa fiscalização é realizada tanto nas empresas quanto nas propriedades rurais, seja nas propriedades pequenas, grandes ou médias. A gente vai e fiscaliza não só a questão da devolução, mas também se essas embalagens estão sendo armazenadas de acordo com a legislação. Uma vez que ela não esteja armazenada de acordo com a legislação, o produtor é notificado. A gente dá um tempo para que ele se regularize e armazene conforme a lei diz que deve ser armazenado”, explicou Robson.

Além da compra e devolução, o órgão fiscalizador também observa o armazenamento dos produtos.

“Se você armazena bem o agrotóxico, as pessoas que estão envolvidas na propriedade e no manuseio dos agrotóxicos correm menos risco de se intoxicarem com os produtos. Os produtos fazem os efeitos esperados, mas se não tiver os cuidados necessários, pode prejudicar quem manuseia e as pessoas que estão ao seu redor”, finalizou.

Para maiores informações, os produtores podem entrar em contato com o Indea, que em Tangará está localizado na rua Julio Martinez Benevides, próximo ao INSS. O telefone é o 3326-2388.