09/08/2018 07:09

Quantidade de visualizações: 162

Paulo César Desidério com Gilvan Melo

Com o objetivo de informar mães de todo o país que o leite materno é ouro que os bebês precisam para crescerem saudáveis e fortes, o Agosto Dourado foi instituído no Brasil em 2017. Neste ano, a campanha segue por todo o país e em Tangará da Serra, o trabalho direto de orientação com as futuras mamães ou mães de já recém-nascidos acontece em todas as unidades de saúde.

Márcia Oliveira de Sousa, Nutricionista da Atenção Básica do município lembra que o leite materno é indispensável para o fortalecimento da imunidade dos bebês e fundamental até o sexto mês de vida da criança. Além das orientações sobre amamentação, um trabalho voltado para a alimentação complementar dos bebês também está sendo feito.

“Além do incentivo ao aleitamento materno, tem também uma introdução ao alimentar saudável. A gente sabe que algumas mães, por alguns motivos, elas não podem estar amamentando ou elas precisam retornar ao trabalho. Como fazer para estar fazendo a ordenha do leite, para estar guardando esse leite para ser oferecido para a criança e também a melhor maneira de introduzir novos alimentos, porque quando os alimentos são introduzidos de maneira errada ou muito cedo, alguns tipos de alimentos podem favorecer ao surgimento de intolerâncias e também de alergias alimentares”, afirmou.

Segundo Márcia, há mães de primeira viagem não sabem o tamanho da importância que o próprio leite materno possui. Além disso, a primeira amamentação é outro ato que não pode ser descartado de maneira alguma de acordo com a nutricionista.

“Quando a criança nasce, o primeiro leite que a criança tem que receber é o leite materno, que é através desse leite que a criança vai receber todas as vacinas que a mãe tomou durante a vida, porque logo quando o bebê nasce, ele não pode tomar todas as vacinas. Então, a primeira vacina que ele vai tomar é aquele primeiro leitinho, que é o colosso, aquele leitinho transparente, que muitas vezes as mães acham que é fraco, que aquele leite não sustenta, mas que na verdade, aquele leite é o mais rico que as crianças podem receber nos primeiros momentos de vida”, frisa, ao destacar que há ainda programação voltada para os profissionais da saúde.

“Nas unidades está acontecendo, em algumas já aconteceram e em todas elas vão continuar essas atividades durante o mês de agosto. Para os funcionários de saúde, o escritório regional de saúde da nossa região de Tangará da Serra estará realizando o 1º encontro sobre aleitamento materno e alimentação complementar saudável que vai ser para estar tirando as dúvidas, para discutir, para troca de experiências entre os profissionais que atuam nessa área”, concluiu.

Agosto dourado segue com orientações às mães sobre amamentação Agosto dourado segue com orientações às mães sobre amamentação Agosto dourado segue com orientações às mães sobre amamentação Agosto dourado segue com orientações às mães sobre amamentação Agosto dourado segue com orientações às mães sobre amamentação Agosto dourado segue com orientações às mães sobre amamentação Agosto dourado segue com orientações às mães sobre amamentação Agosto dourado segue com orientações às mães sobre amamentação