07/07/2018 11:27

Quantidade de visualizações: 531

Paulo César Desidério com Gilvan Melo

Foto: Cristine Rochol/PMPA

Pelo menos três estados brasileiros têm surtos confirmados de sarampo este ano. Amazonas e Roraima, juntos, contabilizam cerca de 500 casos confirmados e mais de 1,5 mil em investigação. No outro extremo do país, o Rio Grande do Sul também confirmou seis casos da doença este ano. Já o Rio de Janeiro investiga quatro casos – um deles com resultado preliminar positivo para sarampo.

Em Mato Grosso, felizmente, nenhum caso ainda foi registrado. Mesmo assim, as autoridades estão preocupadas, uma vez que venezuelanos foram recebidos no país em alguns estados e por lá, a doença ainda existe. O Brasil havia erradicado o Sarampo e recebeu certificação pelo feito em 2012 das mãos da Organização Pan-Americana de Saúde.

O secretário municipal de saúde, Itamar Bomfim, ressaltou que Tangará da Serra está confortável em relação a cobertura vacinal, mas que os números de outros estados servem para que todos fiquem atentos.

“Posso dizer com certeza que a gente tem uma boa cobertura vacinal, de todas as vacinas. A gente tem uma meta pactuada com o Ministério da Saúde de manter a nossa cobertura vacinal de no mínimo 90%, mas a gente tem ao longo dos anos ultrapassado e chegado a 100% dessa cobertura. Isso mostra que a gente precisa estar vigilante. É um recado aos pais, às famílias, as vacinas estão gratuitamente em todos os postos de Tangará da Serra. Não deixem de vacinar seus filhos. Em Roraima teve alguns casos de Sarampo e possivelmente isso pode chegar a outros estados, principalmente aqui no Mato Grosso que está recebendo ultimamente muita gente de outros países, como a Venezuela por exemplo, que podem estar trazendo essa doença”, afirmou, ao reforçar que os pais devem procurar os postos de saúde para imunizarem seus filhos e manter sempre atualizado o cartão de vacinação.

***Com informações da Agência Brasil