05/07/2018 14:08

Quantidade de visualizações: 301

Paulo César Desidério com Gilvan Melo

O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) de Tangará da Serra abre no final deste mês o prazo para inscrições do processo seletivo, destinado a alunos que desejam fazer o Ensino Médio na instituição. O prazo irá de 30 de julho até 22 de outubro e a aplicação da prova, será em 25 de novembro, com publicação do resultado final em dezembro, matrículas em janeiro e início das aulas em fevereiro.

No entanto, uma mudança na documentação exigida preocupa a diretoria do campus, que alerta os estudantes interessados a providenciarem a carteira de identidade (RG). Isso porque, a partir deste ano, o documento passa a ser pré-requisito para a realização da prova.
“Os alunos que queiram estudar no IFMT, para fazer inscrição para a prova deverá ter os documentos pessoais, de preferência o RG. Mas no dia da prova, quem não tiver o RG não fará a prova. Portanto, se o candidato não tem o RG, pode fazer a inscrição, desde que enquanto isso, providencie o RG, porque no dia da prova, quem não tiver o RG não vai fazer a prova e não vai estudar no IFMT, portanto”, afirmou o diretor do IFMT de Tangará da Serra, Gilcélio Peres, ao explicar o processo e reiterar que sem a documentação, o candidato fica impedido de fazer a prova.
“Isso é porque até o ano passado a gente considerava o candidato que ia fazer a prova levando apenas documento pessoal, a certidão de nascimento e mais um documento com foto da sua mãe, pai ou da pessoa responsável. Para este ano essa regra não vale mais. Não tem como fazer a prova se não tiver o RG. Então, quem não tem o RG ainda, mas tem intenção de estudar no IFMT ano que vem, no seu Ensino Médio, vá fazer o seu RG”, completou.
O documento pode ser feito na sede da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) em Tangará da Serra, localizada na rua 08-A, próximo ao Bosque Municipal. O órgão atende das 13h00 às 17h00 e a emissão do documento é gratuita.

“Procure fazer já o seu documento porque pode demorar dias, até meses. Então, providencie logo o seu documento para não ter problemas depois”, concluiu o diretor.