25/06/2018 07:08

Quantidade de visualizações: 168

Rádio Pioneira com Assessoria

Os estudantes que quiserem concorrer a uma bolsa do Programa Universidade para Todos, o ProUni, podem fazer as inscrições a partir desta terça-feira (26). Ao todo, vão ser ofertadas mais de 174 mil vagas em 1.460 instituições.

Para se candidatar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem de 2017, e ter tirado um mínimo de 450 pontos e nota superior a zero na redação. Além disso, só podem participar alunos brasileiros que não possuem curso superior e que tenham cursado o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.

O diretor de Políticas e Programas de Educação Superior do MEC, Vicente Almeida Júnior, explica quem pode se candidatar para conseguir uma bolsa integral e quem pode concorrer a uma bolsa parcial de 50%.

“As bolsas integrais são destinadas aos estudantes que comprovam renda de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais são destinadas aos jovens que comprovem renda de até três salários mínimos. O programa é um instrumento de acesso ao ensino superior, especialmente para os estudantes que frequentam a escola pública ou aqueles que frequentavam o ensino privado na condição de bolsista. Então é um programa que procura conciliar mérito com necessidade social.”

Agora, se o candidato conseguir uma bolsa parcial de 50%, e não der conta de pagar a outra metade do valor da mensalidade, ele pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies.

Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados vão estar disponíveis no site a partir

do dia 2 de julho, para a primeira chamada, e de 16 de julho, para a segunda.

Quem não for selecionado, pode participar da lista de espera nos dias 30 e 31

de julho.


Lembrando que para efetuar a inscrição no Prouni do segundo semestre de 2018, o candidato deve informar o número de inscrição no Enem 2017 e a senha mais atual cadastrada no Enem.