18/06/2018 07:32

Quantidade de visualizações: 230

Rádio Pioneira com Assessoria

A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) e o Ministério da Saúde (MS) selecionaram as 15 melhores experiências na área da Educação em Saúde do Brasil e, entre elas, está o Escritório de Qualidade para Organização de Saúde (Esqualos) da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

A Comissão de Avaliação do Laboratório de Inovação em Educação na Saúde com Foco em Educação Permanente em Saúde finalizou a terceira etapa de seleção e, após respostas aos recursos, divulgou o resultado final constando as 15 experiências, dentre elas, o Esqualos/Unemat.

O Escritório de Qualidade é o único programa da Região Centro-Oeste a ser escolhido. Com foco na educação permanente em saúde, a Comissão tem como objetivo conhecer as inovações e as experiências exitosas que potencializam a formação e qualificação dos trabalhadores e profissionais de saúde.

Ainda a ser marcada, será realizada cerimônia pública de encerramento e premiação, em que os 15 projetos escolhidos receberão certificado de reconhecimento dos projetos.

Seleção

Em Março houve um seminário em Brasília com as 45 experiências selecionadas na primeira fase, e após foi escolhida 31 práticas que receberam a visita in loco dos representantes da comissão. Com isso, foram selecionados os 15 projetos.

A parceria da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) com o Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Gestão da Educação na Saúde (Deges) da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGtes), previu três eixos temáticos para a inscrição das experiências: integração ensino-serviço-comunidade; educação e práticas interprofissionais; e gestão da política de educação permanente em saúde.

Esqualos

O Escritório de Qualidade para Organização de Saúde (Esqualos) foi implementado no município de Tangará da Serra em 2017. O projeto é resultado de parceria entre o curso de Enfermagem da Unemat, a Secretaria Municipal de Saúde e as instituições de saúde de Tangará da Serra. O Esqualos é resultado de articulação com os serviços públicos e privados de saúde do município de Tangará da Serra e se constitui de um programa que visa promover educação, através do processo de pesquisa e extensão na articulação ensino-serviço.

De acordo com o coordenador do programa, professor Josué Souza Gleriano, o Esqualos está contribuindo decisivamente para o fortalecimento da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde, por meio da articulação de práticas interprofisisonais, considerando a integração de profissionais das mais diversas áreas como Enfermagem, Medicina, Direito, Arquitetura, Administração, entre outros, a fim de garantir o desenvolvimento e sustentação das práticas seguras para a assistência à saúde. “A seleção de um projeto desenvolvido há menos de um ano no interior de Mato Grosso reforça que estamos na direção certa”, afirma o coordenador. “Nossa proposta visa fortalecer a gestão dos serviços de saúde através da expansão e da melhoria da qualidade, por meio da integração ensino-serviço na avaliação dos serviços de saúde e programas de saúde”, explica Josué.

“Nossa proposta visa fortalecer a gestão dos serviços de saúde através da expansão e da melhoria da qualidade", defende Josué. "Dentre os produtos elaborados pelo Escritório ressalta-se, além da inserção de estudantes e servidores no campo operacional da organização dos serviços, instrumentos e documentos produzidos para apoiar a gestão, tais como organogramas, fluxogramas, manuais, boletins informativos para tomada de decisão", explica o professor.