14/06/2018 07:29

Quantidade de visualizações: 2306

Marlenne Maria com Gilvan Melo

Foto: Gilvan Melo/Rádio Pioneira

John Lenon de Souza Manuel, 28 anos, foi conduzido à Delegacia de Polícia nesta terça-feira (12) junto com uma senhora. Na oportunidade policiais militares apreenderam diversas armas e mais de 700 munições em uma residência no Bairro Jardim Tarumã.

A reportagem Pioneira conversou ontem com o Delegado de Polícia Dr. Nelder Martins sobre o caso. Ele explicou que cerca de uma hora após a condução de John Leon e da senhora, apresentou-se na Delegacia acompanhado de seu advogado o Sr. Elivesio da Silva Barbosa, 51 anos, dizendo ser o proprietário das armas e das munições.

“Ele alegou que John Lenon é seu amigo e que a senhora conduzida era sua irmã e não tinham nada a ver com o caso. Portanto, este Sr. Elivesio assumiu as armas. Assim lavramos o auto de prisão em flagrante em desfavor dele, pelo artigo 16 do Estatuto do Desarmamento. Mas, ao mesmo tempo em consulta aos bancos de dados, em que pese alguma demora, cumprimos mandado de prisão em desfavor de John Lenon por alguns roubos, furtos e até tráfico de drogas em Arenápolis. Cumprimos então o mandado de prisão e agora estamos remetendo toda esta notícia ao Poder judiciário para as providências cabíveis”, destacou o Delegado.

De acordo com o Dr. Nelder, John Leon já foi submetido a exame de corpo de delito e conduzido ao Centro de Detenção Provisória (CDP).

​Preso em Tangará tinha mandado em aberto por crimes praticados na região de Arenápolis