19/05/2018 07:58

Quantidade de visualizações: 288

Marlenne Maria com Gilvan Melo

Foto: arquivo Pioneira

A informação foi confirmada à reportagem da Rádio Pioneira pela coordenadora de Atenção Básica à Saúde, Gicelly Zanata.

A coleta dos exames estava suspensa, porque havia necessidade do credenciamento da empresa junto ao sistema que regula o setor. “Como estava previsto, no último dia 10, o caso foi resolvido passando pelo CIB. A empresa já está no sistema e retomamos as coletas nas unidades”, explicou a coordenadora.

Visando aliviar a demanda reprimida, a equipe realizará um mini mutirão na próxima semana, com atendimento em horário estendido na Clínica da Família, na Avenida Tancredo Neves. “Vamos ter na terça e na quinta-feira da próxima semana, mais uma enfermeira na Clínica da Família no período noturno. O objetivo é atender esta mulher que não conseguiu em sua unidade básica ou que trabalha. Então, na terça e quinta-feira das 17:00 às 21:00 estaremos colhendo preventivo”, disse Gicelly.

Ela convidou em especial as mulheres em especial que tem entre 25 e 64 anos. “Precisamos lembrar que elas estão na faixa mais acometida com este mal e precisam mais dos exames. Aquelas que não conseguiram fazer preventivo de dezembro até agora também, venham fazer, que estamos já colhendo e enviando as lâminas”, ressalta.

Segundo Gicelly, o mini mutirão visa apenas dar um impulso na fila de espera pelo exame. “Informamos também às mulheres que fizeram a coleta em janeiro, que também já estamos enviando estas lâminas e tão logo tenhamos os resultados elas receberão também”, finaliza.