14/05/2018 12:39

Quantidade de visualizações: 400

Marlenne Maria com Asis Wébio

Fotos: Assis Webio/Rádio Pioneira

O evento aconteceu na manhã desta sexta-feira (11) no campus da Unemat de Tangará da Serra, reunindo produtores e representantes das diversas entidades que atuam no grande projeto de fomento à fruticultura. Entre estas entidades a EMPAER, o SENAR, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura e a própria Unemat. Destaque no evento de hoje também, a presença de representantes do Sindicato Rural, Associação dos Engenheiros Agrônomos e a Cooperativa de Crédito Sicredi Sudoeste.

O Professor Dr. Willian Krause, integrante da equipe Unemat ressaltou a importância destas parcerias e também do evento realizado.“Nosso intuito é mostra para a sociedade que o hortifrúti é um grande negócio. Estamos falando hoje sobre a cultura do abacaxi, apresentando ao produtor novas variedades, resistentes a doenças, em espinhos, mais produtivas, para que o produtor tenha mais opções para plantar e comercializar os seus frutos”.

O palestrante Armando, da equipe do Senar, disse em entrevista à Rádio Pioneira, que a parceria entre as entidades garante a assistência técnica que o produtor precisa. “Parceria importante com todas estas entidades. O foco de todos é o produtor. Tentamos fazer de tudo. Aquilo que sai da academia, precisa ser colocado para o produtor. Estudamos na prática e o caminho que temos para levar ao produtor, uma delas é o Senar, através de capacitações e dias de campo. Queremos de forma otimizada melhorar a produção. O SENAR está aí para neste sentido educacional, colaborar mais uma vez para esta agricultura nossa, tão pujante dentro do estado”.

O Engenheiro Agrônomo Eliel Ferreira Porto, da EMPAER explicou que as novas cultivares de abacaxi apresentadas podem melhorar muito a cultura. “O objetivo hoje aqui é apresentar para a classe produtora novas cultivares de abacaxi. Já temos normalmente as variedades plantadas aqui, a pérola e o Jupi, que são muito parecidas uma com a outra. Mas, são variedades que tem alguns problemas de doenças. E hoje, estão sendo demonstrado que outras variedades de abacaxi apresentam resistência às doenças e tem boa aceitação no mercado. Quem responde finalmente é o consumidor, porque o produto tem que ser aceito por ele. A pesquisa trabalha em cima destas variedades já cultivadas em outras regiões e hoje estão sendo apresentadas aqui para que os produtores possam buscar a introdução destas novas variedades”

Eloíza Zuconelli representou no evento o Sindicato Rural. Ela explicou que a entidade visa fomentar todas as culturas de alimentos e elogiou o evento. “Entendemos que este projeto é muito importante para a cidade e região, porque sabemos da vocação natural para hortifrúti da região, mas que é carente de muitas coisas ainda. Este projeto aqui da Unemat é sensacional e precisamos estar aqui e dar apoio a toda a pesquisa e extensão que a Unemat tem feito. O projeto é longo e precisa de muitas mãos para ajudar. A função do Sindicato é fomentar todo tipo de cultura e criação. Somos um sindicato de produtores de alimentos, não apenas de grãos, fibras ou pecuária”.

O presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos Cláudio Terzi afirmou que a entidade visa estimular o negócio da fruticultura no município e região. “A associação tem o papel de estimular este comércio dos hortifrutigranjeiros. Queremos que se transforme em um bom negócio, que levemos um engenheiro agrônomo para atender estes produtores, que possamos trazer os fornecedores de máquinas e equipamentos e trazer aqui os interessados neste comércio”.

Também prestigiou o evento, o Presidente do Sicredi, Geraldo Wrobel, elogiando a iniciativa. “É muito importante este evento porque traz conhecimento para o produtor rural e nós, cooperativa de crédito, temos como objetivo principal agregar renda aos produtores e associados. Queremos que tenham maior rentabilidade, melhor desempenho nos negócios e ter crescimento. Eventos como este de difusão de conhecimento e tecnologia trazem importante contribuição”.

O Secretário Ander Santos, de Agricultura, avaliou como grande sucesso o evento realizado. “São cinco anos já de parceria com a Unemat neste termo de cooperação com a Prefeitura. Desde 2010 vimos caminhando neste sentido e é um grande momento de transferência de tecnologia. Mostrar o que está dando certo, para auxiliar na tomada de decisão. É importante que a Universidade ceda seu campus e traga o produtor. É também uma prestação de contas do que foi investido”.

Ele ressalta que o objetivo é mostrar dados científicos, com a clareza com que devem ser passados, para que o produtor tome decisões e acerte na cultura. “Tangará vem se consolidando como polo de fruticultura. Temos muito a avançar e nossa demanda maior é fixar o homem no campo. A fruticultura tem se consolidando dentro das propriedades. Agradecemos a todos que tem nos auxiliado, inclusive vocês da Rádio, que sempre nos auxiliam. Sempre que divulgamos na rádio a informação chega ao produtor”.

Tangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamenteTangará: Dia de Campo sobre cultura do abacaxi é avaliado positivamente