09/05/2018 08:07

Quantidade de visualizações: 196

Rádio Pioneira com G1/MT

O processo que tramitava contra o senador Cidinho Santos (PR) deve ser remetido à Justiça Federal de Mato Grosso em primeira instância. A medida foi tomado após o entendimento dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a restrição do foro privilegiado para deputados federais e senadores.

Por determinação do ministro Edson Fachin, o caso será encaminhado para a Justiça Federal de Diamantino, a 299 km de Cuiabá.

Atualmente Cidinho está licenciado do mandato para tratamento médico. O G1 não consegiu contato com o senador.

Ele é acusado de crime de responsabildidade fiscal e fraude em licitações em 2004. À época, ele era prefeito em Nova Marilândia, a 261 km de Cuaibá.

Ao encaminhar o processo, Fachin recomendou celeridade na tramitação.