05/05/2018 07:32

Quantidade de visualizações: 296

Marlenne Maria com Gilvan Melo

Fotos: Gilvan Melo/Rádio Pioneira

Com o auditório da OAB cheio, representantes do Unicef falaram sobre direitos e deveres das crianças e adolescentes. O evento realizado na manhã desta sexta-feira (04), contou com participação de escolas municipais, estaduais e universidades de Tangará da Serra. A ação integra o pacote relacionado ao Selo Unicef, cuja adesão foi renovada pela Prefeitura de Tangará para a edição 2017-2020.

A palestrante Jaqueline Almeida, representante do Unicef destacou em entrevista à Rádio Pioneira que o enfrentamento da violência sexual é um desafio no Brasil inteiro. “Apesar de uma luta de muitos anos, ainda temos altos índices no país inteiro de violência sexual contra crianças e adolescentes. Este é um problema que precisa ser enfrentado de maneira intersetorial e em diálogo com a rede”, disse.

Ela disse que o município de Tangará da Serra tem sido exemplar no enfrentamento não só do abuso sexual e gravidez na adolescência, mas também de vários outros problemas que afetam a criança e o adolescente. “O município recebeu o Selo Unicef na edição passada por ter melhorado vários indicadores. Continua participando e envidando esforços para vencer estes problemas. Estar aqui em Tangará é bom porque aprendemos muito com um município que é relevante no Mato Grosso e que tem feito um trabalho integrado e esforçado para vencer os desafios. E desejamos muito que Tangará siga até 2020 e ganhe de novo o Selo Unicef. Isto é bom não só para a gestão, mas sobretudo para as crianças e adolescentes. Porque a melhoria dos indicadores melhora as condições de vida de todas as crianças, negros, brancos, indígenas, os que estão fora da escola, meninos e meninas. Queremos que todos tenham seus direitos garantidos”.

Entre os desafios a serem enfrentados em todo o país, Jaqueline destacou os índices ruins de mortalidade infantil, exclusão escolar, trabalho infantil e violência sexual. “Os desafios são muitos, mas não podemos retroceder. O gestor público sobretudo e seus parceiros no espaço do município não podem retroceder. É preciso resistir e lutar juntos. A intersetorialidade e o trabalho em rede é fundamental para vencer os desafios e o Unicef se coloca neste quadro apoiando os municípios a trabalhar de maneira planejada, garantir a participação dos adolescentes e ouvir a população. Esperamos que os municípios entendam nossa missão e compartilhem conosco seus resultados e que tenhamos bons resultados, inclusive para Tangará da Serra”.

Aguinaldo Garrido, Secretário Municipal de Assistência Social, avaliou como muito positivo o evento e ressaltou que a audiência pública focou também na participação de universidades que atuam na formação de trabalhadores que lidarão com este fenômeno. “Estamos reeditando o selo, porque ganhamos na edição passada e aderimos à nova edição. Este encontro é para trazermos o protagonismo infantil, discutindo direitos e deveres de crianças e adolescentes e também para desencadear políticas públicas”.

Ele também agradeceu mais uma vez ao empresariado tangaraense que tem contribuído com o Fundo da Criança e Adolescente. “Parte deste fundo depositado através do Imposto de Renda possibilita repasse de aproximadamente R$ 300 mil reais a instituições que fomentam esporte, lazer e cultura que são inerentes ao Estatuto da Criança e Adolescente”.

O Secretário Municipal de Educação Adriano Fernandes, também ressaltou a importância do evento. “É um privilégio ter um evento desta envergadura com a casa cheia. Técnicos do Unicef vieram trazer as orientações em palestra. É um mês de combate aos abusos, mas são assuntos que devemos manter constantemente em debate. Este mês teremos grande número de ações em Tangará, inclusive com lançamento de novas obras. Estamos bem voltados com a educação neste mês para a criança e adolescentes. Parabenizo aqui o Secretário Aguinaldo e o prefeito pela competência com que tem gerido esta questão do Selo Unicef que é um marco positivo e todos temos a ganhar com isto, em especial as crianças e adolescentes”.

​Selo Unicef: evento discutiu direitos da criança e adolescente em Tangará da Serra​Selo Unicef: evento discutiu direitos da criança e adolescente em Tangará da Serra​Selo Unicef: evento discutiu direitos da criança e adolescente em Tangará da Serra​Selo Unicef: evento discutiu direitos da criança e adolescente em Tangará da Serra​Selo Unicef: evento discutiu direitos da criança e adolescente em Tangará da Serra​Selo Unicef: evento discutiu direitos da criança e adolescente em Tangará da Serra​Selo Unicef: evento discutiu direitos da criança e adolescente em Tangará da Serra