03/05/2018 14:55

Quantidade de visualizações: 657

Paulo César Desidério com Gilvan Melo

As vacinas do novo lote enviado pela Secretaria Estadual de Saúde ao município de Tangará da Serra foram distribuídas para todas as Unidades de Saúde da Família (USF’s) e a vacinação foi aberta ao público a partir da tarde desta quinta-feira (03).

De acordo com a enfermeira-chefe do setor de Vigilância Epidemiológica, Juliana Herrero, das 3000 doses que chegaram, 100 foram distribuídas por unidade. Nesta sexta, Lar do Idoso e Apae serão vacinados.
“Enquanto tiver vacina, vamos vacinar até as 5 da tarde hoje. Caso não conclua hoje a vacinação, nós vamos continuar nesta sexta-feira até fazer as vacinas. Aqui na unidade, se tiver um movimento maior na Clínica da Família a gente pode estender um pouco mais o atendimento porque é uma unidade que já tem atendimento noturno. Nas outras unidades é um pouco complicado estender atendimento noturno até mesmo pela acessibilidade da própria população”, disse, ao relembrar que a vacinação é voltada apenas para o grupo prioritário, definido pelo Ministério da Saúde.
Juliana reforçou os cuidados básicos que cada um deve ter para evitar que seja contaminado pelo vírus Influenza.
“A prevenção de maneira geral serve para todos. Nós temos que ter o cuidado especial com lavagem das mãos, uso do álcool 70, cuidado na hora de espirrar ou tossir, nunca levar a mão ao rosto, sempre ter um lenço descartável ou mesmo o braço já diminui a contaminação. Evitar compartilhar objetos, principalmente as crianças, que gostam muito de levar fraldinha de boca para a escola, aquilo nessa época é um meio de contaminação entre as crianças”, elencou.
As vacinas estão sendo enviadas periodicamente pela Secretaria Estadual de Saúde. A pasta as recebe do Ministério da Saúde e encaminha aos municípios conforme a necessidade.
“Até o momento recebemos pouco mais de 12 mil, ainda falta bastante vacina para chegar. A gente tem uma média de 40% da nossa média ainda para receber. Então, a gente não sabe qual o próximo repasse e estaremos aguardando para receber um novo lote de vacinas”, explicou Juliana.