26/04/2018 15:08

Quantidade de visualizações: 435

Paulo César Desidério com Gilvan Melo

Foto: Reprodução

A Secretaria Estadual de Educação (SES), envia para a Vigilância Epidemiológica de Tangará da Serra na tarde desta quinta-feira (26) o segundo lote de vacinas contra o vírus Influenza e suas evoluções. O novo lote conta com duas mil doses, que somadas às 7150 recebidas no primeiro, totalizam 9150. A meta do município é imunizar pouco mais de 19 mil pessoas até o término da campanha, voltada para o chamado grupo prioritário.

A informação foi confirmada pela coordenadora do setor em Tangará da Serra, Juliana Herrero, que concedeu entrevista coletiva à imprensa ao final da manhã de hoje (26). Segundo ela, haverá distribuição média para os postos.

“Nós vamos estar recebendo agora a tarde mais duas mil doses do escritório regional e amanhã [sexta] de manhã a partir das 07 horas da manhã, já terão doses em todas as unidades. Lembrando que duas mil doses é um quantitativo muito pequeno. Então, nós vamos dividir em média 100 doses por sala de vacina”, afirmou.
Herrero explicou que os postos com maior público deverão receber quantidades de doses um pouco acima da média. A partir de amanhã, as vacinas estarão disponíveis com um informativo em cada Unidade de Saúde da Família (USF) com o respectivo número de doses.
“As salas de vacinas maiores terão um pouquinho mais de vacina e as salas de vacinas que tem uma população de grupo prioritário menor, vão receber um pouco menos vacinas. Então, cada um vai ter já estipulado na porta o quantitativo de vacina que terá disponível pela manhã, porque às vezes faz uma fila muito grande. A gente sabe que a população realmente atende o nosso pedido e comparece para vacinar, visto o quantitativo de recebermos 7150 doses e ter se esgotado em algumas unidades no primeiro dia, em outras no segundo dia”, afirmou.

Por enquanto, o Ministério da Saúde não autorizou que a vacina seja distribuída à toda a população. O público-alvo da campanha nacional de vacinação é formado por idosos, grávidas, mulheres com recém-nascidos de até 45 dias, índios, presidiários, trabalhadores da saúde, professores e crianças de pelo menos seis meses de idade e menores de cinco anos, além de pessoas com doenças crônicas.
Como em menos de três dias as mais de 7 mil doses do primeiro lote acabaram rapidamente, a preocupação da Secretaria Municipal de Saúde é manter a população calma e atenta às medidas de precaução (lavagem das mãos, uso de álcool-gel, entre outras). A previsão de envio do terceiro lote por parte do governo do estado é para a quinta-feira que vem (03), uma vez que em virtude do feriado do dia do trabalhador (01º de maio), não haverá expediente na capital.

“Peço para nossa população que tenha um pouquinho de paciência, que as unidades estarão deixando à mostra a quantidade de vacinas que vai ter disponível, que é uma quantidade pequena realmente. Porém, é melhor fazer essas duas mil agora e esperar quarta-feira que é a previsão da próxima remessa. Como terça-feira é feriado, o estado não vai trabalhar nem na segunda nem na terça. Por isso que nós só vamos receber uma remessa na próxima quarta-feira. Então, a partir de quinta-feira que vem que nós vamos estar disponibilizando um novo lote para a população”, encerrou Juliana.