23/04/2018 13:18

Quantidade de visualizações: 363

Rádio Pioneira com Assessoria

Conjunto gaúcho soma 46 anos de sucesso e mostrará seu talento em Tangará da Serra.

Mais um grande evento abrilhantará o ano em que o CTG Aliança da Serra celebra três décadas de fundação. No próximo dia 26 (quinta-feira), a partir das 20hs, o clube tradicionalista promoverá jantar-dançante com ninguém menos que o festejado grupo “Os Monarcas”.

O jantar-dançante será realizado no salão nobre do clube e integra o calendário de eventos do CTG, que já promoveu, com sucesso, a 2ª Mateada Aliança, em março último. “É um ano especial, pois são comemorados 30 anos de fundação do clube. Com este jantar-dançante queremos homenagear os nossos associados e a sociedade tangaraense, que tanto nos prestigia”, afirma o patrão Jeferson Zucchi.

Os convites individuais para o jantar-dançante podem ser adquiridos antecipadamente, ao preço de R$ 65, enquanto que na bilheteria o preço fica em R$ 75,00. Aquisições podem ser feitas diretamente no CTG. Contatos pelos telefones 99905-4010, 99919-77823325-2225.

Para este semestre, o CTG Aliança da Serra reserva, ainda, participação no Rodeio Artístico de Sapezal nos próximos dias 28 e 29, além do já tradicional Baile da Soja, em junho. Já para o segundo semestre do ano, a grande atração será a Semana Farroupilha, em setembro.

46 anos de sucesso

O conjunto “Os Monarcas” foi criado oficialmente em 1972, na cidade de Erechim (RS). Desde então, grandes músicos passaram a fazer parte e continuam até hoje no grupo.

O autêntico estilo da música tradicionalista gaúcha, que surgiu logo na formação musical do fundador Gildinho (Nésio Alves Corrêa) por influência do grupo “Os Bertussi”, é o grande pilar deste conjunto. A música fandangueira, de ritmo animado, marcante e dançante faz com que as canções lançadas sejam próprias, especiais e de sucesso garantido.

Entre os principais sucessos do grupo “Os Monarcas” estão as músicas “Bugio do Fole Solto”, “Cheiro de Galpão”, “De chão batido”, “Erechim, história e canto”, “Não encosta a barriguinha”, “O Brasil de Bombacha”, “O Vento”, “Santuário de Xucros”, “Sistema Antigo”, “Sonhando na Vaneira” e “Vaneira Grossa”.