17/04/2018 07:26

Quantidade de visualizações: 453

Rádio Pioneira com Assessoria PJC/MT

Três mulheres que utilizaram um bebê para praticar o furto em uma loja de roupas foram identificadas em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf-VG), da Polícia Judiciária Civil. As suspeitas, V.C.R., 33, conhecida como “Nenêm”, R.C.S.C., 26, E.M.A., 22, responderão pelo crime de furto.

O furto ocorreu no dia 31 de março, em uma casa comercial, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande. Na ocasião, as mulheres, uma delas com o bebê no colo, entraram na loja se passando por clientes e subtraíram diversas peças de roupa.

As câmeras de segurança do estabelecimento flagrou a ação das suspeitas que guardavam as peças escolhidas dentro de uma mochila. Após serem identificadas, as investigadas prestaram esclarecimento na Derf-VG e responderão em inquérito policial por furto.

Uma das suspeitas (V.C.R.), possui passagens anteriores pela prática de tráfico de drogas, receptação e posse irregular de arma de fogo.

De acordo com a delegada, Elaine Fernandes da Silva, imagens das três mulheres causou grande repercussão nas Redes Sociais, pelo fato das suspeitas terem utilizado um bebê para praticar o crime.

“A elucidação dos crimes de furto ressalta a competência das equipes de investigadores da Derf-VG que se empenham em coligir os elementos probatórios para chegar a autoria. Trata-se de genuína investigação”, destacou a delegada.