14/04/2018 07:15

Quantidade de visualizações: 97

Paulo César Desidério com Gilvan Melo

A Campanha de Vacinação contra a febre aftosa terá início em Mato Grosso a partir do dia 02 de maio Mês de campanha de vacinação contra a febre aftosa. O responsável pela unidade do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) em Tangará da Serra, Samuel Francisco, ressaltou que os pecuaristas devem ficar atentos à campanha, que é voltada para todo o rebanho bovino. A data de início do prazo para venda das doses será a partir do dia 02 de maio.
“A vacina começa a ser vendida a partir do dia 02 de maio, quarta-feira, e vai até o dia 30 de maio, uma quarta-feira também. Nesse período o produtor tem que comprar a sua vacina e tem que vacinar o seu rebanho. Os produtores terão até o dia 11 de junho para estar comunicando”, disse Samuel.
Além de efetuar a compra das vacinas e aplicá-las no rebanho, os pecuaristas devem comunicar o Indea sobre a quantidade de cabeças imunizadas.
“É importante que o produtor traga de casa já marcado o que ele vacinou, de acordo com o sexo e a idade. Isso é muito importante porque dessa forma que vamos efetuar a comunicação da vacinação dele”, pontuou.
Por fim, Samuel descreveu as consequências de em casos de não vacinação dos animais e lembrou que o país segue forte na exportação de bovinos para o mundo todo, justamente pelas políticas de prevenção à doenças como a aftosa.
“São duas situações. Aquela pessoa que vacinar e deixar de comunicar dentro do prazo vai ter uma penalidade administrativa e ficar com o cadastro bloqueado por 30 dias. Já aquele produtor que, de fato, não vacinar o rebanho é autuado e é obrigado a vacinar. O Indea acompanha a vacinação do rebanho dele. O Brasil já tem vários anos que não apresenta doença e a prevenção contra a febre aftosa, em razão de não haver mais casos, é um passo fundamental para nossas exportações”, concluiu.