13/03/2018 13:17

Quantidade de visualizações: 486

Paulo César Desidério com Asis Wébio

Foto: arquivo Pioneira

O vereador Niltinho do Lanche (MDB) em sua fala livre na sessão da última terça-feira (06) na Câmara Municipal de Vereadores falou sobre um projeto chamado ‘tira-treco’, proposição feita por ele no parlamento. De acordo com o vereador, a ideia consiste em recolhimento setorial de lixo no município e foi confessadamente copiada da cidade de Lucas do Rio Verde, no Norte do estado.

“O tira-treco atende setores da cidade. Uma equipe da Sinfra ou do meio ambiente [secretaria] tira a sujeira, o lixo que tem nos bairros ou no centro da cidade. Numa semana setor S, na outra setor N, setor W, mas limpa a cidade. Fica na ocasião a cidade bonita, limpinha e eu copiei essa ideia”, afirmou, ao revelar que conversou com o prefeito Fábio Martins Junqueira (MDB) – atualmente em férias - sobre o projeto.

“Espero que o nosso prefeito coloque isso em pauta junto com o secretário Selton para atender o nosso cidadão que precisa jogar seu lixo e não tem condições de levar até o lixão, devido que é muito longe de nossa cidade e tem poucos ecopontos para atender as necessidades de nossa cidade”, acrescentou.

No uso dos microfones, Niltinho afirmou que o trabalho do secretário municipal de Infraestrutura, Selton Vieira, é fraco. À Pioneira, o parlamentar justificou a avaliação e disse que tirou como base para tal, o que tem ouvido da população.

“A gente fica analisando os 5 anos de vereador que já estou aqui nessa cidade. O ano que o povo mais reclama é esse ano do secretário Selton. Me perdoa, secretário, mas o povo está reclamando demais. O vereador é a voz do povo. A gente não tem que ficar dando tapinha nas costas quando a necessidade da cidade está falando mais alto que o desempenho do secretário. Eu aqui estou falando em nome do povo. A população me cobra e não tem mais justificativa eu ficar defendendo uma situação que não está a contento do povo tangaraense”, declarou.