13/02/2018 10:33

Quantidade de visualizações: 1797

Marlenne Maria - da Redação

O calendário prevê início de atividades no dia 15, tanto para os alunos matriculados pela Escola Técnica Estadual, e também os matriculados via Pronatec. A instituição tem vínculos com a Secretaria de Tecnologia de Mato Grosso.

A instituição atende em torno de 500 alunos e a partir de março quatro novos cursos serão disponibilizados. Três já estão confirmados. Serão cursos Técnicos de Administração, Marketing e Máquinas Pesadas.

O Diretor Juvenil Gilberti explica que o processo já está em andamento e em breve haverá novidades. “Estamos preparando plano de curso, vamos lançar edital para selecionar os professores e a partir de março deveremos também selecionar os alunos”, explicou.

Projeto de coleta de lixo eletrônico

A Escola Técnica Estadual destacou-se no ano de 2017 com o projeto que foi escolhido como o melhor no estabelecimento em concurso realizado nos meses de setembro e outubro. Em seguida, o projeto alcançou o 1º lugar em nível estadual.

A partir de então, vem sendo desenvolvido no estabelecimento.O projeto, denominado “Seu lixo eletrônico tem endereço”, conta com o apoio do SAMAE e da Câmara de Vereadores.

A professora Josenai Terra, integrante do grupo criador do projeto explicou que o contêiner par a coleta está sendo mantido no estabelecimento para que funcione. “Em dias específicos os alunos aguardam a entrega e fazem a triagem em sala de aula junto com os professores. Os produtos que são reutilizáveis deixamos próprio para uso. E o que não conseguimos reutilizar, enviamos para a Coopertan, que é a cooperativa de reciclagem. E o que é reciclado aqui, vamos doar para entidades”, explicou Josenai.

Segundo ela, foi possível reutilizar 5% do material que chegou. “São computadores ou notebooks, que já estão embalados esperando o retorno dos alunos para fazermos a doação”, disse.