16/01/2018 13:29

Quantidade de visualizações: 221

Rádio Pioneira com G1/MT

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi (Foto: Reprodução / EPTV)

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP-MS), afirmou nesta terça-feira (16) que deve deixar o cargo de ministro em abril para disputar a eleição de 2018.

Pela legislação, ministros que decidirem disputar a eleição de 2018 têm até 7 de abril para pedir exoneração. Ao ser questionado se deixa o ministério em abril, Blairo disse que “a princípio, sim”.

Ele defendeu que o substituto seja indicado pelo seu partido, o PP, mas não adiantou quem seria o indicado. O ministro deve disputar a reeleição para mais um mandato como senador pelo estado do Mato Grosso.

Outros casos

No final do ano passado, o então ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira (PTB-RS), anunciou a saída da pasta para se dedicar à disputa eleitoral de 2018. O ex-ministro da Indústria e Comércio Exterior, Marcos Pereira (PRB), tomou a mesma decisão no início de janeiro. Ele alegou que sairia para cuidar de "interesses pessoais e do partido".

Em seguida, o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR), que tem mandato de deputado federal, anunciou que vai deixar o governo em abril para disputar a eleição.