11/01/2018 13:12

Quantidade de visualizações: 146

Rádio Pioneira com G1/MT

Uma suposta venda de senhas para atendimento no posto avançado da biometria do Goiabeiras Shopping, no Bairro Duque de Caxias, em Cuiabá, foi denunciada na manhã desta quinta-feira (11) pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) à Polícia Militar. Ninguém foi preso.

O TRE-MT disse que acionou a Polícia Militar para verificar a suposta tentativa de venda de senhas no cadastramento biométrico.

Segundo o TRE-MT, a prática é ilegal. A distribuição de senhas acontece para melhor organizar o fluxo e para adaptar o número de atendimentos à capacidade diária da Justiça Eleitoral.

TRE-MT denuncia suposta venda de senhas para cadastramento biométrico em Cuiabá (Foto: TV Centro América)TRE-MT denuncia suposta venda de senhas para cadastramento biométrico em Cuiabá (Foto: TV Centro América) TRE-MT denuncia suposta venda de senhas para cadastramento biométrico em Cuiabá (Foto: TV Centro América)

Apenas servidores da Justiça Eleitoral ou terceirizados a serviço da Justiça Eleitoral podem distribuir senhas. O TRE orienta que os eleitores que forem abordados por pessoas tentando vender senhas devem acionar a polícia imediatamente e, se possível, registrar imagens da pessoa que o abordou.

Há a possibilidade de se tratar de senhas falsas, visto que os servidores da Justiça Eleitoral entregam apenas uma senha para cada eleitor. O eleitor também pode enviar sua denúncia para a Ouvidoria Eleitoral, pelo número 0800 647 8191.

A Justiça Eleitoral está trabalhando com o sistema de senhas para biometria em Cuiabá, Várzea Grande e Sinop. O número de senhas é distribuído conforme a capacidade diária de atendimento. A revisão do eleitorado com biometria, nestes três municípios, segue até fevereiro de 2018.