27/12/2017 13:25

Quantidade de visualizações: 210

Rádio Pioneira com Gazeta Digital

Foto: Chico Ferreira/GC

A tarifa de transporte coletivo de Cuiabá pode subir para R$ 3,85 em 2018 e a definição desse valor será realizada pelo Conselho Participativo, em audiência pública que ocorrerá no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), nesta quinta-feira (28), a partir das 9h30, com previsão de terminar somente no período da tarde.

Diferentemente do que prevê a Lei 12.587/2012, que trata da Política Nacional de Mobilidade Urbana e determina a obrigação de que a revisão da tarifa seja realizada com ampla publicidade e transparência e que a metodologia seja de simples compreensão, não houve divulgação pública do evento.

O cálculo para definição da tarifa do transporte coletivo será feito utilizando uma fórmula paramétrica. Veja abaixo a fórmula do cálculo:

Reprodução

Nessa fórmula, são considerados os preços do óleo diesel tipo S10 ou similar, a variação do custo de veículos tomando como referência o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a variação da soma do salário dos motoristas, já acrescentados os adicionais e benefícios previsto na convenção coletiva do trabalho, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para reajuste de outras despesas das empresas de transporte coletivo e outros fatores de ponderação.

O procedimento administrativo que apresenta todos os valores constantes no cálculo tarifário foram publicadas no Diário Oficial de Contas do dia 28 de novembro (baixe o arquivo como PDF e vá até a página 5 para conferir).

Utilizando esses dados, a previsão do estudo apresentado pela Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec) é que haja um reajuste de 5,8%, elevando a passagem de R$ 3,60 para R$ 3,85. A previsão é que o novo valor, caso aprovado, comece a valer já a partir do próximo dia 2 de janeiro.