06/12/2017 13:27

Quantidade de visualizações: 366

Aline Schwaab com Gilvan Melo

foto: Gilvan Melo/Rádio Pioneira

A operação integrada “Final de Ano Seguro” começou nesta sexta-feira (1º/12) e segue até janeiro de 2018 com envolvimento das forças de segurança nos 141 municípios mato-grossenses. O objetivo é levar sensação de segurança à população durante o período de fim de ano.

O Comandante do CRVII, Coronel Mourett, destacou que o policiamento será reforçado especialmente na região central de Tangará da Serra devido ao horário especial do comércio.

“O 7º Comando Regional já determinou o desenvolvimento de ações policiais no cunho preventivo, entretanto reforçado para atender o horário de funcionamento diferenciado das cidades que compõem a nossa região. Os batalhões, as companhias independentes com o apoio da Força Tática já elaboraram as suas estratégias para desenvolver as ações de policiamento preventivo para dar segurança ao comerciante e aqueles que fazem uso do comércio que amplia no fim de ano. No que diz respeito as ações preventivas, cabe a Polícia Militar desenvolver as ações, entretanto mantemos a mesma estratégia de integração diante de situações específicas, inclusive com o reforço de plantões policiais com a Polícia Civil. Nós disponibilizaremos a administração do comando regional para reforçar o policiamento ostensivo a pé. Nós devemos ter diariamente a ordem de 10 policiais a mais nas ruas”, disse.

Conforme o Comandante, devem ser realizadas blitz da Operação Lei Seca nesse período. “Com relação ao álcool nós temos uma preocupação significativa. Sabemos que a ingestão de bebida alcoólica não combina com direção, infelizmente aqui em Tangará da Serra nós temos registros que não são bons acerca do trânsito, são vários acidentes e se o cidadão do trânsito não tiver consciência de que bebida é incompatível com direção, tende a ampliar esses índices que já não são bons. Então quem vai aproveitar os festejos de fim de ano, não vejo problema, o real problema está em ingerir bebida alcoólica e depois dirigir. A Polícia Militar está atenta a isso, é uma demanda que já percebemos como necessário fazer o enfrentamento e vamos fazer blitz e operação Lei Seca para evitar a ampliação desse tipo de delito aqui em Tangará da Serra e na nossa regional”.

Coronel Mourett deixou ainda orientações para as pessoas que vão viajar no final de ano. “Tanto o mês de dezembro quanto de janeiro são usados para que possamos sair da cidade para curtir as férias e a gente acaba deixando as nossas residências fechadas e isso exige uma atenção e um comportamento da nossa parte. Diga ao seu vizinho que vai viajar, peça para ele fazer a visita a sua residência, conferir sua porta, estabelecer medidas orgânicas que evitem a entrada do indivíduo com segundas intenções. Tenha a sua forma de garantir a segurança alertando os vizinhos. E os vizinhos que perceberem movimentação em casas que é sabido não haver moradores em função das férias, nós estamos à disposição”.

O Comandante do 19º Batalhão da Polícia Militar de Tangará da Serra, Major Jhone, destacou que o batalhão deve receber o reforço de policiais e contará ainda com o apoio da Força Tática.

“Seguindo o plano de policiamento do Comando Geral devemos manter o mesmo tipo de policiamento, mas com a presença mais efetiva das guarnições policiais. Esperamos adequar o policiamento para atender principalmente a região com grande aglomeração de pessoas e executar o policiamento motociclístico, carros e até mesmo a pé. Teremos um efetivo disponível de 65 policiais do Batalhão que a partir do dia 18 vamos receber reforço da administração de cerca de mais 10 policiais, então diariamente, teremos efetivamente cumprindo a escala de serviço cerca de 25 policiais na rua. São cinco viaturas, mais o policiamento motociclístico com quatro policiais e o policiamento a pé com 10 policiais, reforçando a presença do policiamento de Força Tática também”.

Tenente Natan, responsável pela equipe de Força Tática de Tangará da Serra, destacou que será empenhado 100% do efetivo na Operação Final de Ano Seguro.

“Em relação a Força Tática, estaremos juntamente com o Batalhão realizando o apoio na operação final de ano. Vamos disponibilizar uma equipe 100% voltada para áreas comerciais e horários bancários e também realizarão o policiamento a pé, atuando junto com o batalhão e realizando também esse policiamento específico dessa equipe que estará emprega. O efetivo estará 100% empregado na operação, tanto na sede quanto nos outros municípios da regional”.