11/11/2017 07:42

Quantidade de visualizações: 66

Rádio Pioneira com Secom/MT

Após várias rodadas de negociação ao longo dos últimos dois meses entre Governo do Estado e Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran-MT), foi acordado entre as partes o encerramento da greve da categoria, resultando na normalidade dos atendimentos do órgão a partir desta sexta-feira.

O acordo foi celebrado nesta quinta, durante reunião de representantes do sindicato com representantes do Governo, liderados pelo governador em exercício, Carlos Fávaro, e depois deliberada pela assembleia geral da categoria.

Segundo Fávaro, a proposta apresentada à categoria, com o aval do governador Pedro Taques, levou em conta as limitações financeiras do estado. “Nós compreendemos a defasagem salarial dos servidores do órgão, mas o atual cenário fiscal do Estado está acima do limite prudencial das despesas de pessoal e em via de aprovação da PEC do Teto de Gastos na Assembleia Legislativa, que institui o regime de Recuperação Fiscal-RRF e, em função disso, não existe a possibilidade de enviar qualquer projeto que vise aumentar nossas despesas”, explicou ele.

O governo apresentou ao Sinetran-MT uma ata em que reconhece a necessidade de retornar as negociações sobre o reajuste de subsídio no momento em que as despesas de pessoal estiverem enquadradas novamente dentro dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e tão logo haja a recuperação fiscal do Estado, que será fixada na PEC.

A ata foi entregue ao Sindicato na última reunião, que ocorreu na noite de quarta-feira (08), e foi assinada pelo governador em exercício, além do secretário-chefe da casa Civil, Max Russi, do secretário de Gestão, Júlio Modesto, e dos deputados estaduais Janaína Riva e Dilmar Dal Bosco, que também participaram da reunião.

“Eu e o governador Pedro Taques, em nome de todo o nosso Governo, agradecemos aos servidores pelo voto de confiança ao Governo, que teve um diálogo franco e aberto e que, em sua maioria, entenderam as dificuldades financeiras do Estado, votando a favor da nossa proposta. Com isso, os serviços do órgão retornam nesta sexta e a população não será mais prejudicada”, concluiu Fávaro.