14/09/2017 07:30

Quantidade de visualizações: 241

Marlenne Maria com Heverton Luiz

foto ilustrativa

A prova é válida pelo Ranking Nacional segundo o presidente da Federação Mato-grossense de Ciclismo, Manoel Lima.

Ele está à frente da organização do evento. “Tangará nos abriu as portas para realizarmos este evento na cidade. Em nosso calendário temos estas provas e estamos massificando a atividade em Mato Grosso”, disse.

A prova acontece domingo, 17 de setembro, com largada às 08:00 no Jardim Tarumã, aberta para atletas de 18 a 60 anos. “Todos correm juntos, mas teremos 12 campeões por faixa etária. A prova exige muito a força, mais do que a parte técnica, porque o atleta vai correr em estrada sem asfalto”, explica Manoel.

Em entrevista à Rádio Pioneira ele ressaltou que os atletas tangaraenses têm se destacado no ciclismo. “Nosso intuito é que os atletas que despontam em nível nacional no ciclismo possam treinar. Quatro atletas de Tangará participarão em breve de jogos nacionais, formando a seleção de Mato Grosso. Estamos torcendo para que tangará seja campeã lá em Curitiba neste grande evento”.

Em torno de 50 atletas de Tangará são aguardados e em torno de 20 a 30 de outras cidades. Segundo Manoel, todos os interessados podem participar domingo. “Tangará tem uma leva de novos atletas, pessoas que querem uma qualidade melhor de vida e todos que queiram podem participar do evento. Essa será uma prova de maratona Cross Country, integra o Mountain Bike, média de 60 quilômetros de trecho”, disse.