12/08/2017 07:32

Quantidade de visualizações: 152

Marlenne Maria - da Redação

O Coronel Heverton Mourett foi empossado no cargo de Comandante do CR VII recentemente. Ele destacou em entrevista à emissora nesta semana que é um desafio vir para Tangará da Serra. “Eu acabei de deixar as funções de Diretor Operacional da Polícia do Estado de Mato Grosso e já tenho uma certa experiência com os desafios na área no estado. Sabemos quais as regiões mais densas e críticas e que exigem mais atenção. Cuiabá, Sinop e Rondonópolis exigem atenção diferenciada. Tangará da Serra é uma das mais pacíficas das regiões integradas de Segurança Pública”, disse o Comandante.

Segundo ele, os indicadores são menos expressivos no que diz respeito à insatisfação da população com segurança pública. “A sociedade da região e em particular de Tangará da Serra é uma das mais pacíficas”,

No que diz respeito ás ações da Polícia Militar, o novo comandante destacou que é preciso tratar a segurança pública com muita responsabilidade. “Temo sum quadro positivo na regional. Óbvio que há situações que exigem atenção, mas as ações estão implementadas. Houve um planejamento, houve um desenvolvimento de ação, estamos em um processo de avaliação e a partir daí, propõe-se uma ou outra alteração”.

Reunião

O Coronel destacou que ainda nesta semana se reuniu com os Comandantes das organizações militares da região, envolvendo Barra do Bugres, Campo Novo e o comandante Minotto do 19º Batalhão de Tangará da Serra. “Fizemos uma avaliação ao que está posto em termos de planejamento e ação. Aí, se propõe, eventualmente uma ou outra correção”.

Estrutura

Em relação ao efetivo, equipamentos, viaturas e estrutura, o comandante disse estar satisfeito com o que tem à disposição para trabalhar em Tangará da Serra. “Os meios são razoáveis. É evidente que poderia melhorar e um dos nossos papéis é conversar com a cúpula para falar de uma ou outra deficiência. Mas, via de regra temos uma boa estrutura”.