22/07/2017 07:14

Quantidade de visualizações: 293

Rádio Pioneira com G1/MT

Com o reajuste da cobrança de imposto anunciado pelo governo federal, o preço do litro da gasolina aumentou até R$ 0,60 em alguns postos de combustível no estado, segundo um levantamento feito pela reportagem. O anúncio foi feita na quarta-feira (20) e já passa a valer nesta sexta-feira (21). Com o reajuste, os motoristas fizeram fila para abastecer onde o preço não foi elevado.

O aumento, conforme anunciado pelo governo, será feito na alíquota do PIS e Cofins sobre os combustíveis.

Os preços do etanol e do diesel também já aumentaram. Em alguns estabelecimentos, o etanol aumentou até R$ 0,50. Já o diesel teve aumento de R$ 0,40.

O aumento será para as refinarias e importadores e, no caso do etanol, para produtores e distribuidores, e será repassado aos postos. Entretanto, caberá aos donos dos postos decidirem se repassam toda a alta para as bombas, ou seja, para os consumidores.

Segundo o governo, a tributação sobre a gasolina subirá R$ 0,41 por litro. Com isso, a tributação mais que dobrou e deve passar a custar aos motoristas R$ 0,89 para cada litro de gasolina, se levada em consideração também a incidência da Cide, que é de R$ 0,10 por litro.

A tributação sobre o diesel subirá em R$ 0,21 e ficará em R$ 0,46 por litro do combustível. Já a tributação sobre o etanol subirá R$ 0,20 por litro.

De acordo com a equipe econômica, o aumento da tributação sobre os combustíveis irá gerar, durante o restante do ano de 2017, uma receita adicional de R$ 10,4 bilhões para o governo federal.