16/06/2017 14:19

Quantidade de visualizações: 500

Marlenne Maria com Aline Schwaab e Heverton Luiz

fotos Heverton Luiz/Rádio Pioneira

O evento reuniu representantes de vários segmentos da Economia Solidária em Tangara da Serra nos dias 15 e 16 de junho no Centro Cultural. O objetivo foi discutir o direcionamento dos fundos rotativos solidários mantidos pela rede UVA – Unidos Vivendo em Ação.

A Rede UVA é formada em Tangará da Serra pela Associação de Costureiras; COOPERTAN – cooperativa que faz a coleta seletiva, Associação Girassol, que atua no Vale do Sol I com artesanato; Associação de Mulheres Produtoras do Fruto do Vale, do Vale do Sol II, que produzem doces, compotas e conserva; ASSOARTE, sediada no Distrito de Progresso, que produz artesanato em cerâmica e Associação Vale do Tarumã, sediada no Antônio Conselheiro.

A rede foi criada em 2012 em Tangará da Serra e hoje é composta por seis fundos pequenos que formam um fundo maior. “Não podemos falar em economia solidária sem falar em associativismo e cooperativismo. “Além da produção que incentivamos bastante, temos as experiências dos fundos rotativos solidários. Elas vão desde finanças solidárias, que incluem bancos de sementes e construção de cisternas como no Nordeste, por exemplo. Estes fundos forma a Rede UVA cujo planejamento para dois anos está sendo pensado neste encontro”, explicou Neuri Senger.

Em Tangará o fundo iniciou em 2012 por iniciativa de seis empreendimentos, com o valor de R$ 583 reais. Este valor foi sendo somado à contribuição dos membros [entidades], que passaram a entrar com R$ 10,00 por mês. No final de 2012 já eram mais de R$ 1.000,00. “Hoje, o fundo conta com R$ 5.579,00 de recurso em caixa. Este capital rodou, foi emprestado e devolvido de 2012 até junho de 2017 no volume de mais de 22 mil reais. Os empreendimentos associados têm pessoas ligadas a si. Estas pessoas precisam de dinheiro. São microcréditos. O fundo começou emprestando R$ 100,00. Hoje o fundo está emprestando R$ 500,00. Estes empréstimos retornam em parcelas. No início eram 4 parcelas e hoje já chega a 7 parcelas”, explica o Professor.

Os empréstimos são feitos via associações às quais as pessoas estão ligadas. No entanto, há que ser idôneo, porque é a entidade associada que diz quem pode receber o empréstimo porque todos são solidários no aval destes empréstimos, segundo explica Senger.

De acordo com o consultor do Centro de Estudo e Assessoria de Brasília - DF, Marcelo Inácio de Souza, o evento faz parte de um trabalho de apoio e fomento a Fundos Solidários da região. “Estamos fazendo a continuidade de um trabalho que começamos há dois anos; um trabalho de acompanhamento, apoio e fomento aos fundos solidários da região de Tangará e estamos vindo de Cuiabá fazendo esse mesmo trabalho lá. Na verdade, a gente trabalha com 30 fundos solidários no Centro Oeste que são responsáveis pela execução das financias solidárias que é um dos ramos da Economia Solidária. Viemos para cá para completar um planejamento que a gente começou que aponta as próximas ações para os próximos dois anos”, disse.

O consultor destacou que a Economia Solidária é apontada como uma das opções de avanço no capitalismo. “As finanças são a maneira que a gente encontra para organizar esse trabalho, organizar a produção, a comercialização e o consumo desses empreendimentos e através das finanças, a gente coloca tudo em ordem para o fluxo não parar. Não é só uma linha reta que leva da produção a comercialização, ele tem que voltar depois, começar novamente o projeto, inserir novamente o recurso na produção e são as finanças que organizam esse processo”.

O evento foi encerrado ao meio dia desta sexta-feira (16).

​Tangará: ações dos fundos de Economia Solidária foram discutidas em encontro​Tangará: ações dos fundos de Economia Solidária foram discutidas em encontro​Tangará: ações dos fundos de Economia Solidária foram discutidas em encontro​Tangará: ações dos fundos de Economia Solidária foram discutidas em encontro​Tangará: ações dos fundos de Economia Solidária foram discutidas em encontro​Tangará: ações dos fundos de Economia Solidária foram discutidas em encontro​Tangará: ações dos fundos de Economia Solidária foram discutidas em encontro​Tangará: ações dos fundos de Economia Solidária foram discutidas em encontro​Tangará: ações dos fundos de Economia Solidária foram discutidas em encontro​Tangará: ações dos fundos de Economia Solidária foram discutidas em encontro