09/05/2017 14:18

Quantidade de visualizações: 357

Rádio Pioneira com Gazeta Digital

O pagamento do 3º lote das contas inativas do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) será liberado na próxima sexta-feira (12) pela Caixa Econômica Federal. Em Mato Grosso, o montante chega a R$ 186,364 milhões, contemplando 183,457 mil trabalhadores nascidos em junho, julho e agosto.

Otmar de Oliveira

Agências terão horário especial para atender trabalhadores com direito a sacar o benefício

Para aqueles que têm saques a realizar, as agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo na sexta-feira (12), segunda (15) e terça (16). No sábado (13), 38 agências do Estado terão atendimento especial das 9h às 15h, exclusivamente para pagamento e informações sobre contas inativas do FGTS.

Segundo a Caixa Econômica, 227,918 mil trabalhadores de Mato Grosso já efetuaram o saque no 1º e 2º lotes no período de 10 de março até a última sexta-feira (5), totalizando a retirada de mais de R$ 281,713 milhões, o que representa 94,27% de um total de R$ 298,832 milhões previstos para este período.

Ao todo, a Caixa deve liberar 5 lotes para o resgate do saldo inativo do FGTS, restando ainda os trabalhadores nascidos de setembro a novembro, que receberão em junho, e os nascidos em dezembro, que terão seu lote liberado em julho. Todos os trabalhadores com saldos a receber têm até o dia 31 de julho para realizar o saque do valor.

Segundo a Caixa Econômica, cerca de 35% dos trabalhadores com saldos a receber possuem conta na instituição financeira. Estes terão o valor creditado automaticamente. Os trabalhadores que são clientes de outros bancos podem se dirigir a uma agência da Caixa e solicitar a transferência do valor sem custo algum.

Deusdina dos Reis Pereira, vice-presidente de Fundos de Governo da Caixa, informa que no país 7,6 milhões de trabalhadores serão contemplados pelo 3º lote, com o pagamento de R$ 10,8 bilhões. Ela recomenda que o trabalhador tome cuidado ao fazer o saque do valor nas agências bancárias e lotéricas. “Se for sacar um valor mais alto de recursos é bom tomar um pouco mais de cuidado. É importante manter o cartão cidadão sempre consigo e não repassar os dados para terceiros”, alerta.

Entre os trabalhadores que têm saldos a receber os planos são vários. Muitos utilizam o valor para pagar as contas e outros decidiram investir na realização de sonhos ou de necessidades. O motorista Charles Nogueira Baroni, 31, informa que aguarda a liberação do 4º lote, que sai no mês de junho, para investir na reforma da casa. “Vou fazer uma reforma na casa e este valor vai ajudar a custear uma parte dos gastos. O dinheiro veio em boa hora, mas se viesse antes seria melhor ainda”, considera.