19/04/2017 14:30

Quantidade de visualizações: 429

Rádio Pioneira com Olhar Direto

Por pouco, uma falha de comunicação não termina em tragédia no bairro Pedra 90, em Cuiabá, na manhã desta quarta-feira (19). Militares do grupamento motociclístico chegaram a atirar contra um carro descaracterizado, onde estavam policiais civis, por conta de uma falha no rádio de comunicação. Os investigadores estavam participando da ‘Operação Bairro Seguro’, em uma ação conjunta da PM e da Polícia Civil.
De acordo com o Boletim de Ocorrências (nº 2017.131291), uma viatura da Polícia Militar seguia para atender uma ocorrência de roubo no bairro Jardim Industriário II. Porém, durante o trajeto, se depararam com um veículo (Fiat Siena) em alta velocidade, sendo seguido por uma viatura. Rapidamente os policiais fizeram o retorno e deram apoio.

Os policiais do grupamento motociclístico do 24º Batalhão conseguiram passar a viatura e se aproximar do veículo. Gestos e sinais sonoros foram emitidos para que o condutor encostasse. Porém, o motorista jogou o carro para cima dos militares e quase atingiu uma das motos.

O soldado da PM conseguiu reduzir a velocidade e efetuou um disparo na tentativa de cessar a ação do criminoso. Só após isto é que o veículo parou. O motorista colocou as duas mãos para fora e disse ser policial. Segundos depois a viatura que iniciou a perseguição também encostou no local.

Os militares disseram aos policiais do grupamento motociclístico que participavam da operação ‘Bairro Seguro’ e que os dois estão na operação conjunta. Os PMs que estavam na moto informaram que não estavam sabendo da ação policial, devido a problemas existentes no rádio.