11/03/2017 07:38

Quantidade de visualizações: 345

Rádio Pioneira com Agência Brasil

Fotos: Gilvan Melo/ Rádio Pioneira

Funcionários de mais de 1.800 agências da Caixa estarão de plantão neste sábado (11) para saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A consulta às agências que funcionarão pode ser feita na página da Caixa. Este será o único sábado de março no qual as agências abrirão.

O próximo plantão previsto para as agências será em 13 de maio, logo após a disponibilização do saque para nascidos em junho, julho e agosto. No sábado, o horário de atendimento será das 9 h às 15 h e as agências terão atendimento exclusivo para sacar o FGTS, fazer pagamento, solucionar dúvidas, promover acertos de cadastro dos trabalhadores e emitir senha do Cartão Cidadão.

Ontem (10), primeiro dia de saques das contas inativas, muitas filas se formaram nas agências bancárias. Aqueles beneficiários que têm uma conta-poupança na Caixa, mas não têm conta-corrente no banco, não precisam ir à agência para fazer o saque. O valor é transferido para a conta automaticamente.

Caso não tenha conta na Caixa e precise ir à agência sacar o valor, o trabalhador não precisa sair da agência com o dinheiro no bolso. A transferência de recursos de contas inativas do FGTS da Caixa Econômica Federal para contas em outros bancos será feita sem cobrança de taxas, a pedido do trabalhador.

Saques

Trabalhadores que têm até R$ 1,5 mil em contas inativas do fundo poderão resgatar o dinheiro em caixas eletrônicos usando apenas a senha do Cartão Cidadão, mesmo que tenha perdido o documento. Para valores até R$ 3 mil, o saque será feito com o cartão e a respectiva senha. Também será possível retirar o dinheiro diretamente em lotéricas – para saques até R$ 3 mil – e nas agências bancárias.

A retirada do dinheiro das contas de FGTS inativas só poderá ser feita até o dia 31 de julho. Depois desse prazo, valerão as regras normais para saque, em casos como demissão sem justa causa, aposentadoria e aquisição de moradia própria.

Policiamento

A Polícia Militar deve reforçar o policiamento nos locais de saque do FGTS nos municípios de Mato Grosso. A operação especial chamada de FGTS prevê, além do reforço, rondas ostensivas e repressivas nas proximidades das agências bancárias e nas lotéricas onde os saques estão sendo feitos.

A operação também prevê um ponto-base com viaturas paradas nos locais de maior concentração de trabalhadores.

Para evitar ocorrência de furto ou roubos, a orientação da polícia é que os trabalhadores não cometem sobre o valor a ser recebido nas filas ou nas ruas. Além disso, dar preferência para depósito no mesmo local ou transferência bancária. A operação deve seguir até que a movimentação nas agências diminua.