26/01/2017 15:18

Quantidade de visualizações: 237

Rádio Pioneira com Assessoria

Uma comitiva de cinco empresários franceses, acompanhada pelo embaixador da França no Brasil, Laurent Bili, se reuniu nesta quarta-feira (25) com o governador Pedro Taques para estreitar a relação com Mato Grosso e sinalizar o interesse em fazer investimentos comerciais no Estado, nas áreas de energia elétrica, farmacêutica, engenharia, nutrição animal e vegetal (fertilizantes).

Na oportunidade, o governador explanou sobre as potencialidades do Estado e enalteceu o crescimento econômico. “Para nós, é uma honra mostrar nossas potencialidades, falar um pouco sobre energia, a proteína animal, vegetal e, a possibilidade de Mato Grosso se aproximar mais da França, no aspecto cultural. Temos certeza que podemos também estreitar as relações comerciais”, afirmou Taques.

Um dos integrantes da comitiva, o vice-presidente da EDF Brasil, Yann Des Loungchamps, destacou que a empresa já está investindo na Companhia Energética de Sinop (CES), responsável pela construção e exploração da hidroelétrica do município. Situada no Rio Teles Pires, a companhia aguarda ainda a concessão de licença ambiental pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), cuja liberação está prevista para o mês de março.

“Mato Grosso é um Estado que dá muitas oportunidades para as empresas estrangeiras investirem no potencial do Estado. É por isso que a EDF tem decidido voltar ao Brasil, através de Mato Grosso, investindo nessa hidroelétrica, de 400 Megawatts, cerca de R$ 3 bilhões. Estamos hoje em uma fase em que precisamos do apoio das autoridades no âmbito das licenças e nesse aspecto recebemos suporte do governador e sua equipe”, disse.

O embaixador da França se mostrou entusiasmado com a possibilidade de ampliar as relações com Mato Grosso, Estado brasileiro que classificou como “receptivo”.

“Essa experiência do investimento em Sinop e o cuidado que o governador está mostrando aos investidores, é um incentivo a mais para que outros possam ver que são bem recebidos em Mato Grosso. Esta visita foi muito produtiva, não só para nossas discussões, mas também pelas discussões que nossos investidores vão ter em São Paulo, na França e de maneira mais frequente em Mato Grosso”, destacou Laurent Bili.