12/01/2017 07:54

Quantidade de visualizações: 240

Marlenne Maria com Gilvan Melo

As obras foram iniciadas nesta terça-feira (10) pela empresa Trubian Engenharia e Serviços Ltda. A expectativa do prazo de conclusão foi expressa pelo Secretário Municipal de Educação Adriano Fernandes. O anfiteatro tem espaço para 360 pessoas. É um auditório que faz falta desde que foi interditado ainda no início de 2015.

Na obra serão investidos R$ 109.227,57 para reforma do anfiteatro, rampa de acesso, forro e piso, pintura e adequações necessárias para garantir acessibilidade ao espaço.

O Secretário destacou que a estrutura do Centro Cultural é boa e que o espaço está bem otimizado. Ele lamentou, no entanto, fato de que o anfiteatro está fechado. Segundo Adriano, já foi feito o projeto de prevenção a incêndio e pânico, o qual foi aprovado pelo Corpo de Bombeiros e já foi licitado para realização da obra. “Vamos fazer também uma reforma e adaptação do Centro cultural, tanto para as novas demandas e regras de prevenção a incêndio e pânico, como também troca de piso. Reforma de sanitários, acessibilidade teto e toda a parte elétrica que será a partir de agora independente para a aparte do teatro”.

De acordo com Adriano, o espaço não terá uma total remodelação, mas receberá nova roupagem, com revestimentos que o transformarão. “Queremos um espaço bonito. É um espaço muito procurado pela população e pela importância que tem. É preciso ter um espaço onde a cultura possa ser desenvolvida e possamos realizar palestras, cursos, estudos e tantas outras coisas. É importante também para a Secretaria, parta que façamos nossas atividades”, disse.

Em relação ao Centro Cultural, Fernandes ressaltou ainda que a Sala de memórias teve acervo ampliado recentemente e que a Biblioteca Municipal recebe materiais constantemente. “Em breve será instalada internet por cabos digitais para otimizar o serviço também”.