11/01/2017 10:34

Quantidade de visualizações: 146

Rádio Pioneira com Assessoria PJC/MT

Acusado de assassinar a ex-companheira no estado do Tocantins, João Batista de Oliveira, 59 anos, foi preso pela Polícia Judiciária Civil, no município de Sinop (500 km ao Norte), na terça-feira (10.01)

O mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Palmeirópolis (TO), em outubro de 2013, com validade até o anos de 2019, foi cumprido por policiais da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e pelo Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra).

O suspeito foi localizado em um assentamento, no município de Cláudia, distante 90 km de Sinop, em posse de uma espingarda calibre 26, munições e materiais de recarga de cartuchos.

Em Mato Grosso, o suspeito estava casado e já havia denúncias de agressão contra a atual companheira.

Após ser notificado do mandado de prisão, o suspeito foi encaminhado unidade prisional do município de Sinop, aguardando transferência para o Estado do Tocantins.