22/12/2016 13:50

Quantidade de visualizações: 689

Rádio Pioneira com Gazeta Digital

lma Grisoste tentou reeleição, mas foi derrotada nas urnas ficando em último lugar

Derrotada nas urnas em outubro deste ano quando buscava a reeleição, a prefeita de Sapezal, Ilma Grisoste Barbosa (PSD), não tem outra opção a não ser entregar o comando do Município de 23 mil habitantes ao prefeito eleito, Valcir Casagrande (PSC). Sem esconder sua insatisfação com o resultado do último pleito, a gestora expediu um ofício no qual decreta a “entrega da chave da cidade a Deus”.

Divulgação

No texto, a gestora declara que o Município pertence a Deus e que todos os setores da Prefeitura estarão sob a cobertura do altíssimo. “Declaro ainda, que todos os principados, potestades, governadores deste mundo tenebroso, e as forças espirituais do mal, nesta cidade, estarão sujeitas ao senhor Jesus Cristo de Nazaré”, consta no documento que circula pelas redes sociais.

Em outro trecho do ofício ela continua: “Cancelo, em nome de Jesus, todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidade espiritual. E a minha palavra é irrevogável”, finaliza o texto do ofício assinado pela prefeita na última segunda-feira (19). O Gazeta Digital não conseguiu falar com a prefeita para comentar o assunto.

Derrota nas urnas

No pleito eleitoral de 2016, a Justiça Eleitoral concedeu registros de candidaturas para 4 postulantes ao cargo de prefeito. Ilma Grisoste que buscava a reeleição foi a menos votada, ficando na lanterninha com apenas 963 votos (9,98% dos votos válidos). Ela também já foi vereadora em Sapezal, eleita em 2008.

Por outro lado, o empresário Valcir Casagrande, que declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 1,1 milhão, foi eleito com 54,03% dos votos válidos. Ele foi escolhido por 5.211 eleitores do Município em que a base da economia local é voltada para o agronegócio.

Biografia de Ilma Grisoste

Conforme o texto de apresentação disponível no site da Prefeitura de Sapezal, a gestora, antes de ser eleita para comandar a cidade, tinha sido eleita a vereadora mais votada em 2008. Nas eleições de 2012 disputou a prefeitura e venceu a disputa com 59,2% dos votos válidos, somando 5.213 votos, 18% a mais que o concorrente.

Consta na publicação que ela já ocupou outros cargos públicos como secretária Estadual de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação do Centro-Oeste, conselheira Estadual de Educação e secretária municipal de Educação de Sapezal por 2 mandatos.

Diz ainda o enunciado que Grisoste tem formação em Licenciatura em Pedagogia, habilitação em Administração Escolar, Pós-graduada (especialização lato sensu) em Psicopedagogia Institucional e em Gestão e Planejamento escolar e possui mestrado em Ciências Ambientais pela Universidade de Mato Grosso.

Mesmo com toda essa formação acadêmica e experiência em gestão pública ela decidiu expedir um ofício onde diz que entregará a chave da cidade para Deus. No documento, ela não menciona o nome do prefeito eleito que assume Sapezal no dia 1º de janeiro de 2017.