08/12/2016 13:49

Quantidade de visualizações: 822

Aline Schwaab com Heverton Luiz

O evento acontece nesta sexta-feira (09) no auditório do IFMT de Tangará da Serra a partir das 8h.

A discussão é uma proposta do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Política, Planejamento e Organização de Práticas em Saúde da Universidade do Estado de Mato Grosso (NPEPS/Unemat) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra, através de uma pesquisa coordenada pelo professor da Unemat, Josué Souza Gleriano, mestre em Saúde Coletiva.

De acordo com o Prof., o Diálogos Mais Médicos e Atenção Primária de Saúde (APS) na gestão municipal para a Atenção à Saúde, pretende discutir os benefícios da inserção do programa no município de Tangará da Serra.

“É o primeiro ciclo de debate da política que avalia a inserção desse programa no município de Tangará da Serra. O primeiro momento dessa pesquisa é um olhar da gestão, da importância desse programa para crescer a atenção primária à saúde do município. Tangará da Serra teve nos últimos anos um acelerado crescimento da expansão de serviços básicos da saúde através da estratégia de saúde da família e o programa Mais Médicos foi o grande fortalecedor para que o município alcançasse essa meta. Então o primeiro momento da nossa discussão será para saber como que o município, a partir da gestão, visualiza o programa Mais Médicos no fortalecimento desse serviço de saúde. A pesquisa vai mostrar como desenhamos metodologicamente um estudo de casos de avaliação desse programa durante três anos no município”, disse.

As inscrições são gratuitas, limitadas e estão disponíveis no portal da Unemat. O evento, aberto à comunidade e a profissionais e acadêmicos da área da saúde, acontecerá, em Tangará da Serra, no dia 09 de dezembro, no auditório do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

“Esse evento compõe a parte da gestão municipal de Tangará da Serra, a Secretaria de Estado de Saúde e os pesquisadores que se envolvem, além de estar aberto à comunidade como um todo”, salientou.

O pesquisador destacou ainda a importância da discussão, haja vista que na troca de governo, foi proposto o fim do Programa Mais Médicos no Brasil. “O cenário brasileiro atualmente tem passado por uma situação de desgaste econômico e a gente percebeu que no início da transição de governo o programa Mais Médicos foi ameaçado de ser encerrado. Várias frentes de defesa se manifestaram, entendendo que se o programa acabar, perderemos toda a estrutura dada de aceleramento e crescimento da atenção primaria no Brasil. As últimas medidas dadas no Governo foram de fortalecer novamente um discurso para que esse programa não se acabe, mas tem outras questões que perpassam que é principalmente a troca desses profissionais hoje, por profissionais que são de outros países com caracterização brasileira. Isso tem outra responsabilização que é de como trocar esses profissionais gradativamente durante anos, mas quebrando um dos princípios básicos da atenção primária à saúde que é o vínculo que esses profissionais criaram com a comunidade e que consequentemente é o primeiro passo para fortalecimento da atenção primária. A nossa ideia é fomentar através de diálogo como que esse programa e como que a atenção primária do município tem se estruturado enquanto resposta ao acesso de serviço dos usuários”, disse.

Programação

7h30 - 8h Credenciamento

8h – 8h30 Solenidade de Abertura

8h30 – 10h15 Mesa Redonda: Resultados, Avanços e o Futuro do Programa Mais Médicos em Tangará da Serra na perspectiva da gestão: democratização do acesso à saúde com Josué Souza Gleriano, Coordenador geral da Pesquisa Inserção do Programa Mais Médicos nas políticas e práticas da Atenção Primária à saúde; Itamar Martins Bonfim, Secretário de Saúde; Luciléia Rodrigues, Coordenadora da Atenção Básica; Juliana Herrero, Coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

Moderadora: Juliana Benevenuto Reis, docente da Unemat

10h15 – 10h30 Intervalo

10h30 – 11h Conferência: Percepções do Sistema de Saúde brasileiro sob olhar de médicos do Programa Mais Médicos (PMM) com Juana Maria Martinez Alfonso, Médica do PMM – Universidade de Ciencias Médicas de la Habana.

11h – 11h30 Debate Mesa redonda e Conferência

11h30 – 13h30 Almoço

13h30 – 15h45 Mesa redonda: Pesquisas e avaliações de resultados na APS

Panorama na produção de serviços de saúde nas quinze cidades mais populosas de Mato Grosso que receberam Mais Médicos. Expositor: Alexandre Andrade, Assessor de Gabinete da Secretaria Municipal.

Análise da aplicação de recursos públicos municipais da região de Planejamento VII – Tangará da Serra na área da saúde. Expositor: Rodrigo Henrique Pinheiro, Técnico de Ensino Superior da Unemat.

O PMAQ na perspectiva do processo organizacional. Expositora: Priscila Corrêa da Luz, Enfermeira, egressa da Unemat.

Perfil profissional da Atenção Primária em Tangará da Serra com Juliana Fernandes Cabral, docente da Unemat. Moderador: Raimundo Nonato Cunha de França, docente da Unemat.

15h45 – 16h Intervalo

16h – 17h30 Debate Mesa Redonda