23/11/2016 07:28

Quantidade de visualizações: 150

Marlenne Maria com Heverton Luiz

fotos Heverton Luiz/Rádio Pioneira

O evento aberto na noite desta 2ª-feira (21) acontece no auditório da UNIC reunindo grande número de participantes.

Ontem aconteceram diversas palestras tratando pela manhã sobre os temas fertilidade e manejo do solo e a tarde sobre máquinas agrícolas e sementes.

Anísio Nunes, professor de Agronomia da Unemat e um dos organizadores destacou a importância dos painéis realizados. “Tivemos palestrantes renomados de todo o país, professores universitários, pesquisadores e representantes de empresas, para conversar sobre os desafios e as dificuldades no que diz respeito à fertilização do solo. Tanto na construção da fertilidade do solo com maior produtividade agrícola, quanto no manejo para as culturas”.

Ele ressaltou também a relevância dos temas ligados ao maquinário agrícola e sementes. “Também com pesquisadores de vários locais do país discutimos os desafios, com enfoque em agricultura de precisão, além da produção e utilização de sementes de qualidade”.

Hoje o evento apresenta pela manhã painel sobre boas práticas agrícolas. “Vamos falar sobre o controle químico de pragas, tecnologia de aplicação de defensivos e desafios na formação de mão de obra. Vamos ter também uma palestra sobre o Soja Plus, que é um programa da Aprosoja que trata da agricultura sustentável e que tem sido adotado por muitos produtores da nossa região”, explicou o Professor Anísio.

Na tarde desta 4ª-feira acontece um painel sobre manejo integrado na defesa fitossanitária, abordando manejo e controle de pragas, doenças e plantas daninhas, além de segurança alimentar.

Sobre o SIMPAS

SIMPAS é um evento nacional, promovido pelas seis maiores associações do Agronegócio Brasileiro. São associações de empresas do agronegócio que realizam o evento pelo Brasil inteiro. Esta é a 69ª edição. Durante os últimos 26 anos o SIMPAS passou por mais de 25 cidades diferentes. Em Tangará da Serra teve uma edição há 10 anos. Para o Professor Anísio Nunes “é uma oportunidade muito boa para agricultores, Engenheiros Agrônomos e técnicos agrícolas se atualizarem e discutirem”.

No encerramento será realizado um painel que visa buscar avanços na direção de uma agricultura mais economicamente viável, produtiva e socialmente responsável. “Este é um evento que ajuda a elencar os problemas e propor soluções. É fundamental para a agricultura da região e do estado de Mato Grosso”, finaliza o Professor.

​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária​Tangará: 69º SIMPAS discute hoje boas práticas agrícolas e defesa fitossanitária