03/06/2016 13:58

Quantidade de visualizações: 1034

Marlenne Maria com Heverton Luiz

foto ilustrativa

O curso oferece apenas 15 vagas e somente para quem está na atividade ou pretende inicia-la. Trata-se de uma iniciativa da Secretaria Municipal de Agricultura em conjunto com o SENAR e Sindicato Rural de Tangará.

Serão ao todo 40 horas, com certificação pelo SENAR, no período de 13 a 17 de junho. As aulas teóricas serão ministradas no Centro Cultural e aulas práticas em tanques de piscicultura.

De acordo com o Secretário Municipal de Agricultura Ander Santos, o curso tratará sobre toda a cadeia produtiva de animais aquáticos. “O curso foca especificamente aqueles produtores que já estão na atividade e aqueles que querem iniciar na atividade. Vai dar condições para quem tem seu tanque melhorar e condições de tomar a decisão para quem pretende iniciar a criação de peixes”, explicou.

Ele destaca que o produtor que pretenda alcançar benefícios do Programa Cadeia Produtiva do Peixe da Secretaria de Agricultura precisa fazer o curso. “Para receber algum benefício via Secretaria de Agricultura, é preciso ter realizado o curso. O primeiro passo é a capacitação técnica do produtor ou profissional, para aí sim, acessar os benefícios da cadeia produtiva do peixe”.

Para fazer o curso é preciso ser alfabetizado, maior de 18 anos e ter disponibilidade para comparecer durante cinco dias, das 8 às 17 horas.

Inscrições já estão abertas na Secretaria de Agricultura na Prefeitura Municipal. “Não tem custo nenhum. Basta vir à Secretaria munido de CPF e RG”, ressalta Ander.